Ultra Rádio

Recurso para manter Tota Barreto elegível será julgado no TRE-PE

O Tribunal Regional do Estado de Pernambuco, julgará na próxima segunda-feira (21), o recurso do vereador carpinense, Tota Barreto (PSB). O recurso é referente a impugnação de Tota junto ao Ministério Público Eleitoral por suspeito abuso de poder econômico.

O parlamentar, no dia 06 de setembro de 2017, teve o mandato cassado e inegibilidade por oito anos, em decisão do juiz Rildo Vieira da Silva em primeira instância. Se alega através de interceptação telefônica a compra de quatro votos, a disponibilização de três transportes universitários ao Recife e o custeio do combustível de uma família que veio até Carpina para votar, isso é configurado captação ilícita de sufrágio e abuso de poder econômico.

Barreto em sua defesa, afirma junto a seus advogados, ilegalidade das interceptações telefônicas, afirmando que não há identificação de qualquer suposto beneficiário, no assunto dos ônibus, as testemunhas confirmaram que ele nunca subiu no ônibus para pedir votos e havia contraprestação de usuários, e em referência ao dia das eleições em 2016, a defesa diz que não há nos autos a demonstração da gravidade da conduta.

No dia 12 de setembro de 2017, Tota entrou com recurso no TRE-PE e com isso responde ao caso no cargo de vereador. A procuradoria regional eleitoral opinou pelo provimento parcial do recurso, em 28 de fevereiro de 2018, afastando a inelegibilidade apenas no caso. A sessão irá ocorrer às 14h, na próxima segunda-feira (21).