Ultra Rádio

Pernambuco tem aumento de 40% no número de casos notificados de doença meningocócica

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) registrou um aumento de 40% no número de casos notificados de doença meningocócica, uma infecção que pode afetar as membranas que revestem o cérebro e a medula espinhal. Ao todo, entre janeiro e o dia dia 23 de junho, foram registrados 21 notificações da doença, sendo que 14 foram confirmados. No mesmo período de 2017, foram notificados 15 casos, com nove confirmações.

Durante o período, o número de mortos por causa da doença triplicou: de uma para três mortes. Em todo o ano de 2017, duas pessoas morreram por causa da doença. Ainda segundo a SES, durante todo o ano passado, o número geral de casos notificados da doença chegou a 29, com 17 confirmações.

De acordo com a gerente de Prevenção de Doenças Imunopreveníveis da SES, Ana Antunes, foi registrada uma queda nos números da doença, desde 2014, ano em que houve 44 confirmações. 2015 teve 24 casos confirmados e 2016, 32.

Segundo Ana, o comportamento da doença meningocócica é difícil de ser previsto, em Pernambuco, por causa do clima.

“Essa doença tem um comportamento bastante atípico, porque nos lugares frios se tem uma sazonalidade marcada, mas aqui não temos essa diferenciação tão clara, então, ela não tem um comportamento semelhante todo ano. Apesar do aumento no primeiro semestre, a gente pode ser surpreendido por um decréscimo no restante do ano, por exemplo”, explicou Ana.