Ultra Rádio

Ministério Público abre inquérito que vai investigar câmara de vereadores de Carpina

O promotor de justiça, Guilherme Graciliano Araújo Lima, da Promotoria de Carpina, abriu um inquérito junto ao Ministério Público para investigação de possível farra em diárias dos vereadores da Câmara de Vereadores de Carpina, Casa Dr. Murilo Silva. O presidente da câmara, Bila (PDT), terá um prazo de 20 dias para justificar sobre o aumento estrondoso em diárias.

As informações sobre as diárias  foram divulgadas nesse mês pelo Sistema de Acompanhamento de Gestão dos Recursos da Sociedade (SAGRES), do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) e demonstram um aumento enorme em diárias dos vereadores carpinenses. O aumento foi tanto que em comparação com o ano de 2016, onde o ex-presidente da Câmara, Dudu Izidoro (PSC), designou R$ 20.200,00 para diárias, em 2017 o valor aumentou em 812,9%, com o atual presidente da câmara, Bila, investindo R$ 184.400,00 dos cofres públicos em diárias.