Ultra Rádio

Com a presença de André Ferreira, Diogo Prado celebra, em Carpina, ingresso no PSC

Representado em todas as regiões do Estado, o PSC teve uma noite de festa nesta quinta-feira, em Carpina. Em um evento que reuniu em torno de duas mil pessoas, no espaço Arena Show, o pré-candidato ao Senado e presidente estadual do partido, deputado André Ferreira, recebeu simbolicamente na sigla o vereador Diogo Prado, que disputará uma cadeira na Assembleia Legislativa.
Filiado desde março ao PSC, Diogo reuniu lideranças políticas e simpatizantes da sua pré-candidatura para marcar o ingresso com um grande ato, que também serviu para firmar a parceria entre o vereador e o pré-candidato a deputado federal Junior Uchoa.
Um dos articuladores do ingresso de Diogo no PSC, o vice-presidente estadual da legenda, Antônio Oliveira, destacou a alegria de estar participando do evento.
“Diogo é um político jovem, dinâmico, que vem fazendo um belo trabalho como vereador em Carpina e que vem fortalecer ainda mais a nossa chapa para a Assembleia Legislativa”, destacou Antônio Oliveira.
Articulando a sua candidatura a deputado federal, Júnior Uchoa afirmou que, assim como ele, Diogo Prado é um empresário que entra para trabalhar por uma sociedade melhor e mais justa.
“Essa parceria que se inicia trará, tenho certeza, muitos benefícios para Carpina e para a Mata Norte”, discursou Junior Uchoa.
Em sua fala, André Ferreira, por sua vez, historiou o crescimento do PSC desde que assumiu o partido, em fevereiro de 2016. Lembrou que a legenda não tinha vida partidária, diferentemente do momento que hoje vive a legenda.
“Na primeira eleição que disputamos, com pouco meses no comando do PSC, conseguimos eleger 53 vereadores e dois vice-prefeitos. O partido ganhou musculatura e chega muito forte nas eleições deste ano. Diogo reforça a nossa chapa. Você, Diogo, é muito bem-vindo ao PSC”, destacou André.
Com o quadro partidário definido para as eleições deste ano, a expectativa é que o PSC eleja entre seis e oito deputados estaduais, dois federais e terá a candidatura de André Ferreira ao Senado.
Último a falar no evento, Diogo Prado relatou os diálogos que teve até a sua filiação ao PSC.
“Foram muitas conversas. Primeiro com Seu Antônio (Oliveira), que me levou a André (Ferreira) e finalmente fechamos a parceira, que tenho certeza de que será duradoura”, afirmou Diogo Prado, que lembrou também que durante todo período de negociações sofreu ameaças de processo por estar trocando de partido. Mas acrescentou que acredita no projeto do PSC, por isso trocou de legenda.