Ultra Rádio

Após 13 anos e 11 meses, Náutico é campeão do Campeonato Pernambucano

E acabou o tão sofrido jejum de títulos no Clube Náutico Capibaribe, em uma de Arena Pernambuco lotada, com público total de 42.352 pessoas. O Náutico bate, assim, o recorde de maior público da história da Arena de Pernambuco em jogos de clubes, e dai o Náutico bateu o aguerrido Central, e conquistou o título do Campeonato Pernambucano 2018, depois de quase 14 anos sem títulos. O Timbu chega agora ao 22° título estadual.

Luta, polêmica, golaço e festa

No primeiro tempo o jogo foi bastante disputado, e com muitas chances para ambos os lados, com direito a bola na trave de Wallace Pernambucano. Depois da pressão exercida de inicio, o Central não se acovardou com a iniciativa timbu e tratou de dominar o jogo e aos 27 minutos, Gildo empurra a bola para as redes, mas com um impedimento mal assinalado, o Central foi prejudicado. O Náutico não tinha nada a ver com isso e fez brilhar a estrela do gringo, Ortigoza, que no fim do primeiro tempo colocou o timbu na frente 1 a 0.

No segundo tempo a polêmica foi ainda maior quando Jobson cometeu falta para amarelo, e não recebeu o cartão, levando a loucura a torcida centralina, pois com o cartão seria o segundo do atleta e ele seria expulso. E mais uma vez o destino provou que o Náutico teria mesmo que ser o campeão, aos 12 minutos, Jobson, aquele mesmo, que deveria ser expulso, fez uma bela jogada e marcou um golaço levando a Arena Pernambuco ao delírio. Muitos pensaram que a Patativa iria se entregar, mas quem pensou, se enganou, a patativa foi para cima, pressionou tanto, até conseguir pênalti, e diminuir com gol de Leandro Costa, artilheiro alvinegro. Dai em diante a arena se tornou um palco para apreensão, nevosismo e muito choro. Os alvirrubros não acreditavam em cada lance que o Central criava, e após bola na trave muitos foram as lágrimas. Por outro lado o timbu estava firme e fez acabar assim 2 a 1, o Clube Náutico Capibaribe é o campeão pernambucano de 2018.